Carregando...
O que fazer um profissional de relações internacionais?
  • O que fazer um profissional de relações internacionais?

     

    O que faz um profissional de relações internacionais?

     

    A área de Relações Internacionais, também chamada de RI, ganhou destaque no final da década de 1990. Nesse período, a globalização se intensificou e o Brasil mostrou a sua cara para o restante do mundo. Desde então, o mercado nacional começou a busca por especialistas em comércio exterior que também tivessem conhecimentos em economia, marketing, administração e política.

    É aqui que entram os profissionais de RI. Saiba qual a sua função!

     

    O papel do bacharelado em Relações Internacionais

     

    O profissional de Relações Internacionais, também apelidado como internacionalista ou analista internacional, é responsável por assegurar as relações entre diferentes nações, governos e também organizações internacionais. Isso pode ser feito na área política, econômica, comercial, jurídica, social, financeira e outras.

    O internacionalista defende os interesses do país ou organização que está representando. Desse modo, ele será responsável por elaborar planejamentos estratégicos, coletar informações, fazer pesquisas e produzir relatórios.

    Já em organizações privadas, esses profissionais podem ajudar companhias em processo de expansão internacional, trabalhar em programas de intercâmbio e construir análises de riscos políticos e econômicos.

     

     

    Tendências do mercado para o internacionalista

     

    O campo de atuação para quem é de RI é tão amplo quanto a quantidade de conhecimentos que são necessários para se dar bem no mercado de trabalho. Confira, a seguir, os setores que mais vêm ganhando destaque:

    ● A diplomacia governamental

    A diplomacia governamental é, sem dúvidas, um dos campos mais lembrados nessa área. Para participar do processo, é necessário apenas ter um curso superior em qualquer área, por isso, a concorrência é alta. A maioria dos candidatos são formados em RI ou em Direito.

    ● O terceiro setor

    No terceiro setor, as instituições pararam de depender somente dos financiamentos de empresas locais e foram procurar apoio em países diferentes. Para tanto, elas necessitam de um profissional que negocie e faça cooperação internacional.

    ● As assessorias

    As assessorias públicas também estão bem presentes. Vários órgãos públicos trocam a independência do Itamaraty por setores específicos, por exemplo, a situação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Visto que esse fenômeno acontece nos três níveis de governo (Municípios, Estados e União), a área apresenta alta empregabilidade.

     

    Média salarial

     

    Segundo o Sine (Sistema Nacional de Empregos), a média salarial de um analista de Relações Internacionais está em R$3.050,13 para nível pleno. Já no nível master, o valor vai para R$4.765,83.
     

    O Itamaraty é a área que dá as condições mais atrativas para um estudante de RI, claro, por seu salário: o profissional ganha, inicialmente, aproximadamente R$15 mil.

Matérias Relacionadas
Receba nossa newsletter