Carregando...

Delegado de polícia federal fala sobre a função do inquérito policial federal nos crimes contra ordem tributária e econômica

Delegado de polícia federal fala sobre a função do inquérito policial federal nos crimes contra ordem tributária e econômica

Delegado de polícia federal fala sobre a função do inquérito policial federal nos crimes contra ordem tributária e econômica

José Roberto Sagrado da Hora ministra palestra online na ESAMC Santos no dia 20 de outubro, aberta a todos os interessados!
O delegado de polícia federal aposentado e mestre em Direito Internacional José Roberto Sagrado da Hora é o convidado da ESAMC Santos para falar sobre o tema "A Função do Inquérito Policial Federal nos Crimes Contra a Ordem Tributária e Econômica”, no dia 20 de outubro, das 18h30 às 19h30, em palestra online, via plataforma BlackBoard. A aula é aberta a todos os interessados, que podem se inscrever pelo site www.esamc.br/eventos/Santos/unidades/

“O Estado e a sociedade ganham eficiência na arrecadação e na proteção do sistema de financiamento do Estado. O inquérito policial complementa o esforço da fiscalização e da cobrança de impostos”, explica Sagrado, que completa que o inquérito policial também evita evasão e dá credibilidade ao sistema tributário, diminui a sensação de impunidade na medida em que o que o inquérito procura a responsabilização da pessoa física, e não somente da empresa (pessoa jurídica). “Quando lidamos só com empresas as penas são multas. Quando lidamos com pessoas físicas podemos aplicar outras penas”, diferencia.

Sagrado também é especialista em Gestão de Políticas para segurança pública, em Direito Público e Gestão de Projetos. Foi adido policial junto à embaixada do Brasil no Suriname. Encerrou a carreira em Santos, justamente no setor de combate a crimes fazendários, também foi professor na Academia Nacional de Polícia em Brasília, na formação de novos policiais federais, e esteve lotado em Palmas (TO), Maceió (AL) e São Paulo, capital.