Carregando...

Faculdade ESAMC Sorocaba é novamente certificada com Selo Social

Faculdade ESAMC Sorocaba é novamente certificada com Selo Social
O Instituto Abaçai, em parceria com a Prefeitura de Sorocaba, por meio Secretaria de Cidadania e Participação Popular (Secid), realizou na última quinta-feira (21/2), no Teatro Municipal Teotônio Vilela, a entrega do Selo Social do ciclo 2018 para empresas privadas, órgãos públicos e instituições sem fins lucrativos que participaram do programa e desenvolveram projetos de impactos sociais e sustentáveis à cidade.
A Faculdade ESAMC Sorocaba foi comtemplada com a certificação, pela terceira vez consecutiva, por criar projetos educacionais e de negócios inovadores. Além de participar do programa, a instituição de ensino é uma das investidoras do Selo Social no munícipio e, também, integrante do Conselho local.
O professor e coordenador do curso de Engenharia da ESAMC Sorocaba, Hélio Rubens, o professor Sandro Vidotto e a professora Renata Marins participaram da cerimônia de entrega do selo, representando a faculdade. “Estamos muito satisfeitos por fazer parte desse importante programa que visa melhorar a qualidade de vida dos moradores da cidade. Recebemos o primeiro título em 2016, por meio do Grupo de Estudos de Negócios Sustentáveis (GENS) da ESAMC e, hoje, somos um investidor do Selo Social, pois acreditamos que podemos melhorar e elaborar projetos aplicáveis e transformadores à população”, destacou professor Hélio.
Nesta edição do Selo Social, foram certificadas 61 empresas pelos seus 169 projetos que tiveram 637 impactos sociais alcançados. O evento contou com a presença da secretária da Cidadania e Participação Popular de Sorocaba e articuladora do programa, Suélei Gonçalves; do deputado federal Pr. Jefferson Campos; do chefe de gabinete do Poder Executivo Municipal, Carlos Mendonça, que, na ocasião, representou o prefeito de Sorocaba, José Crespo, além de outras autoridades e convidados.
Para 2019, os diretores do Instituto Abaçaí, órgão certificado do Selo Social, adiantaram que os grupos já estão elaborando novos projetos sociais que beneficiarão a cidade. “Todos os participantes estudam minuciosamente os problemas que Sorocaba enfrenta e, a partir dessas situações, criam ações que possam ser executadas no parâmetro social”, frisa a diretora-geral do instituto, Carina Giunco. 

Mais informações sobre o programa podem ser obtidas pelo site: www.selosocial.com.